bemmmmmmmm

Paro e penso: Quando vou te superar?
Quando irei deixar de sentir um buraco no estômago toda vez de te vejo ao longe? Quando minhas pernas voltarão a ser firmes ao seu lado? Quando irei conseguir olhar sem seus olhos sem me sentir desafiada?

Garoto, eu te odeio. Odeio cada parte sua. O ódio não é sentimento mais próximo do amor, é o mais próximo do que sinto por você. É a minha vontade de esmurra-lo até conseguir fazer você sentir o que sinto por te ter aqui dentro de meu peito. É esta vontade de esfregar seu belo rosto contra o asfalto. É a minha vontade absurda de te beijar, de ter suas mãos em minha nuca e sentir seu perfume em minha roupa mais uma vez.

Ódio é o meu palavrão ao esbarrar subitamente com você, o meu sussurro de socorro ao ver você se aproximar e as batidas aceleradas do meu coração ao te encontrar. Aquela frase ensaiada que sai gaguejada, o cabelo desarrumado e o olhar que te entrega. O olhar que nunca decifrei. O olhar que se perde em meu corpo e não tem vergonha. Você me despe com o olhar. E eu gosto. Gosto de estar nua. Nua de máscaras, porque qualquer um que vê sabe que me perco em seus lábios em cada palavra dita. Lábios que deveriam estar junto aos meus, em um corredor escuro, tornando-se apenas um. Entretanto, eles estão ai e eu aqui. E entre nós existe bem mais que meio metro.

112

Anúncios

2 pensamentos sobre “

  1. Até que enfim achei seu blog! Sou fã das suas fotos no insta ♥
    Esse texto me lembra um (quase) relacionamento que tive esse ano, ainda não entendo os garotos, e olha, nem quero entender!
    Texto maravilhoso Ana! Espero ver bem mais postagens (e fotos maravilhosas) pelo blog!
    Beijãoooo! ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s